Google+ Badge

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

No tempo que Dondon jogava no Andaraí

A música composta pelo sambista Nei Lopes e interpretada por Zeca Pagodinho tornou, além do bairro, o extinto clube e o obscuro jogador conhecidos no Brasil inteiro
Poucos cariocas conhecem a história desse simpático clube, que esteve durante décadas na elite do futebol do Rio de Janeiro.




Andarahy A.C.

Andarahy Athletico Club

No dia 9 de novembro de 1909 foi fundado o Andarahy AC, localizado na Rua Barão de São Francisco no bairro de Vila Isabel, na Zona Norte da cidade. O Estádio era chamado de Barão de São Francisco, também conhecido como Rua Prefeito Serzedello Correia e pertenceu ao clube até 1962. O seu uniforme tinha às cores verde e branco. Durante a história, o clube alternou dois modelos de uniformes: camisa inteiramente verde e calções brancos e camisa listrada na vertical alviverde e calções brancos.

Nesse ano, foi vendido por CR$ 60 milhões ao América, que passou a chamá-lo de Estádio Wolney Braune. Nos anos 90, o América vendeu o estádio que atualmente é o Shopping Iguatemi, em Vila Isabel.

Ao todo, o alviverde disputou 20 campeonatos cariocas, sendo o último em 1937. A sua melhor colocação no carioca ocorreu em 1934, quando ficou com o vice-campeonato, com dez vitórias, dois empates e duas derrotas, só ficando atrás do campeão Vasco.


O jogador Dondon, que ficou famoso no samba, foi um zagueiro que atuou pelo Andarahy de 1932 a 1938 e fez parte do time vice-campeão carioca, em 1934. Além de Dondon o Andarahy teve outro atleta que possui história curiosa. Trata-se do ponta-esquerda Arubinha que, em 1937, depois de participar de humilhante derrota de seu clube para o Vasco por 12x0 teria enterrado um sapo com a boca costurada em São Januário na manhã seguinte à derrota. Ele então rogou praga afirmando que o rival ficaria 12 anos sem ganhar um título. A praga não deu certo, pois o Vasco foi campeão antes desse período e o mais curioso é que o jogo da goleada aconteceu no estádio do Fluminense, Laranjeiras.


Principais glórias do Andarahy Athletico Club:

- Vice-campeão carioca de 1934 (AMEA)
- Campeão carioca da segunda divisão em 1915 e 1925
- Campeão do torneio início em 1924
- Campeão carioca de juniores em 1928




Tempo de Dondon

No tempo que Dondon jogava no Andaraí
Nossa vida era mais simples de viver
Não tinha tanto miserê, nem tinha tanto tititi
No tempo que Dondon jogava no Andaraí
No tempo que Dondon jogava no Andaraí (2x)
Fast food era merenda
Breakfast, café da manhã
O hipermercado era venda
E "halls-mentolips", bala de hortelã
Hortifruti era tudo quitanda
E jeans era só calça Lee
No tempo que Dondon jogava no Andaraí
No tempo que Dondon jogava no Andaraí
Desemprego era desvio
Loteria era contravenção
Metida era pessoa esnobe
E quem fazia lobby, era "um bom pistolão"
INSS não tinha
Só IAPC, IAPETC e IAPI
No tempo que Dondon jogava no Andaraí
No tempo que Dondon jogava no Andaraí
Tinha cérebro eletrônico
E vitrola tocava Long Play
Afeminado, invertido,
Gorgota e enrustido era o nome dos gays.
Pedófilo era tarado
Transformista hoje é travesti
No tempo que Dondon jogava no Andaraí
No tempo que Dondon jogava no Andaraí


Fonte: 
Sergio Mello / Jornal dos Sports 
Correio Carioca



9 comentários:

  1. Porque o clube foi fundado em Vila Isabel, só não entendi esse detalhe, hehe...
    Ainda bem que essa praga contra o Vasco não pegou. O samba é ótimo. Interessante postagem, como sempre.
    Fátima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NA HISTÓRIA DO ANDARAÍ , A VILA ISABEL E GRAJAÚ ERA ANDARAÍ GRANDE E TIJUCA ERA ANDARAÍ PEQUENO , http://pt.wikipedia.org/wiki/Andara%C3%AD_(bairro_do_Rio_de_Janeiro).
      O SHOPPING IGUATEMI FICA NO ANDARAÍ ONDE ERA O ESTADIO DO ANDARAÍ FUTEBOL CLUBE .

      Excluir
  2. Andaraí e Vila Isabel são bairros "fronteiriços", daí a confusão, não sei se foi resultado da praga, mas o maior periodo que o Vasco ficou sem ser campeão foram exatamente 12 anos, de 1958 à 1970. Pode ser que a praga tem demorado a fazer efeito.

    ResponderExcluir
  3. Eu ia falar exatamente isto que a praga deve ter vindo depois,pois eu me lembro bem que o Vasco foi campeão em 1970 e eu fui a muitos jogos no Maracanã e desde 1958 ele não era campeão.

    ResponderExcluir
  4. Confesso que estou conhecendo sobre a existência do clube nesses últimos meses em que passei a morar aqui no Rio e a interagir com moradores do Andaraí que é vizinho ao Grajaú onde fixei residência. Ontem mesmo, durante a reunião dos Amigos do Rio Joana, fiquei conhecendo sobre este blogue e que o reerido jogador atuava num clube que levava o nome do bairro pois para mim, até então, pensava tratar-se de um período da vida do Dondon que tivesse antecedido sua entrada em grandes clubes. Muito legal esse texto. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. AGORA LENDO SEU BLOG LEMBREI DE UM RAPAZ QUE ESTUDOU COMIGO ELE MORREU POR Ñ SABER QUEM ERA DOMDOM SÓ POR ESCUTAR NO SAMBA E SEI QUE MUITOS QUE MORAM NO ANDARAÍ Ñ SABE SOBRE A HISTÓRIA DO FUTEBOL , ELE FOI A UMA FESTA DE CASAMENTO EM NOVA IGUAÇU E LA OS HOMENS DO LOCAL DEVIA SER BANDIDOS Ñ FORAM COM O PESSOAL DO ANDARAÍ E ELE ESSE MEU AMIGO FOI LEVADO POR ESSES BANDIDO E DITO POR OUTRO QUE CONSEGUIU CORRER OUVIU DOS BANDIDOS QUE A VIDA DELE SERIA POUPADA SE ELE FALA-SE SOBRE DOMDOM E QUEM ERA ESSE DOMDOM , O MEU AMIGO NA ÉPOCA ASSIM QUE SAIU ESSA MUSICA Ñ SABIA NADA A LEM DA MUSICA E FOI MORTO A FACADAS POR Ñ CONHECER DOMDOM E ISSO FICOU MARCADO NESSA HISTÓRIA .

    ResponderExcluir
  6. Participo de um projeto para resgatar a memoria de um clube do Rio, que assim como o Andarahy, disputava o Carioca nas primeiras decadas do seculo passado.

    Quem quiser saber mais, acesse:
    engenhodedentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ok anonimo, parabens pela iniciativa, precisamos resgatar a historia do suburbio.

    ResponderExcluir