Google+ Badge

domingo, 16 de setembro de 2012

Museu Militar Conde de Linhares

 
Museu temático sobre a historia militar, localiza-se em São Cristóvão, talvez o bairro carioca com o maior numero de museus.
A instituição recebeu o seu nome em homenagem a D. Rodrigo de Souza Coutinho, o Conde de Linhares nobre que acompanhou a transferencia da corte portuguesa para o Brasil. Na qualidade de Ministro da Guerra e dos Negócios Estrangeiros, aqui fundou a Academia Real Militar, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro , o Arquivo Militar, a Biblioteca Nacional e a Escola Real de Ciencias, Artes e Oficios.

Acima outra vista da fachada do belo edifício do Museu, construído em 1921. A construção se extende por vários metros ao longo da Av. Pedro II, em um estilo que mistura neoclassicismo com elementos decorativos da arquitetura militar. A fachada é cercada com gradis, e possui jardins ao longo de toda a sua extensão. Um conjunto de três palmeiras também estão plantadas à frente de cada fachada.

História

O imóvel foi erguido em 1921, por determinação do então Ministério da Guerra. Aquartelou inicialmente a 1a companhia de metralhadoras e, posteriormente, a companhia de intendência. Com a transferência do curso de Intendência, da Escola Militar de Realengo para a cidade de Resende, onde assou a compor a Academia Militar das Agulhas Negras, o imóvel em São Cristóvão abrigou o Centro de preparação de Oficiais da Reserva (CPOR), e, posteriormente, a 5a brigada de cavalaria do Exército, a que ali permaneceu até 1996.
Reformado e requalificado como museu, foi inaugurado em 12 de outubro de 1998.
Com apoio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, da Fundação Cultural Exército Brasileiro e da iniciativa privada, começou a funcionar como Centro Cultural a partir de 6 de maio de 2001.

Acervo

A instituição mantém em exposição permanente uma narrativa da Historia Militar do Brasil desde o período colonial até aos dias de hoje, inclusive peças usadas pelo país enquanto integrante das Forças de Paz da ONU. Destacam-se, além da armaria e da artilharia, uniformes, veículos de campanha e blindados.
A exibição compreende uma evolução história do armamento, objetos de uso pessoal dos Pracinhas da FEB, além de armamentos norte americanos e alemãs utilizados na segunda guerra mundial.
Outros núcleos de destaque são a exposição "Tropa em Marcha", onde os visitantes podem apreciar aspectos da evolução dos meios de transporte militar no Exército brasileiro, e o Pátio dos Blindados onde podem ser observadas diversas viaturas blindadas e peças de artilharia, como por exemplo um raro canhão ferroviário.
A instituição promove ainda diversas atividades sócio-culturais.

 

Encontro de Carros Antigos do Estado do Rio de Janeiro

Realizado nas dependências do museu, em seu amplo pátio interno, acontece o encontro dos amantes de veículos antigos do Estado do Rio de Janeiro. O evento acontece a cada 3º Domingo de cada mês, atraindo tanto colecionadores como visitantes apreciadores.
Muitas raridades bem conservadas e em bom estado são mostradas no local. E não se assuste se, ao ver um típico carro do fim dos anos da década de 1950, voce ouvir um Rock and Roll vindo do toca fitas do mesmo carro, aquele som da época, dos chamados tempos da brilhantina. Mas os carros expostos no local, abrangem automóveis de várias décadas.
antigo caminhão de transporte militarveículo de pronto socorro | ambulância militar
Os veículos acima são parte integrante do acervo do museu. Não fazem parte do encontro de veículos. Mas para quem gosta de veículos antigos, certamente vai encontrar um tempo para conferir as preciosidades do museu.
Acima na foto, a viatura da qual o Marechal Mascarenhas de Morais comandou a FEB na campanha da Itália. A carroceria coberta do caminhão era um misto de escritório de comando e dormitório, com camas, sofás, mesa-escrivanhina, armário de roupa e até pia para lavar com espelho para higiene pessoal. E do lado direito um antigo caminhão de pronto socorro militar ou ambulância do Exército.






O local conta também com alguns serviços úteis para os visitantes como cantina, biblioteca e telefones públicos.
Sem dúvida merece ser visitado.

O horário de funcionamento do museu é: Terça a domingo das 10h às 17h
Os ingressos (a preços mais do que acessíveis) custam:
Adultos: R$ 2,00
Maiores de 60 anos e estudantes com carteira: R$ 1,00
Isentos: Maiores de 80 anos, menores de 10 anos, instituições de ensino (agendadas) e militares das forças armadas.

Contato:
Av Pedro II, 383, São Cristóvão - Rio de Janeiro
Tel: (21) 2589-9734 | 2589-1683 | 2589-9581

Fontes:
Wikipedia
Riodejaneiro.com 

2 comentários:

  1. Uma atração cultural muito interessante e da qual eu não tinha conhecimento. Acredito que haja pouca ou nenhuma divulgação desse Museu.

    ResponderExcluir
  2. muito bom estava procurando sobre o assunto

    ResponderExcluir