Google+ Badge

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Casa de Banho de Dom João VI


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  
A Casa de Banho de Dom João VI, também conhecida como Museu da Limpeza Urbana, é um museu localizado no bairro do Caju, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.
O museu é um casarão do início do século XIX de nove cômodos e alpendre, de propriedade do negociante de café Antonio Tavares Guerra. A construção adquiriu certa fama por D. João VI, após a instalação da família real portuguesa no Rio de Janeiro, ter a usado para tomar banhos de mar na região, atual bairro do Caju, que, à época, desfrutava de uma paisagem natural intocada. Com isso, o casarão passou a chamar-se "Chácara Imperial Quinta do Caju". O Caju era um balneário, com muitos terrenos preservados à volta e banhado por uma Baía de Guanabara ainda limpa. Os banhos de mar de D. João VI foram uma recomendação médica para curar a infecção da mordida de um carrapato. Além disso, à época, o trajeto percorrido da residência da corte no Paço de São Cristóvão até o Caju era concluído sem dificuldades.
Em 1938 o casarão foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e só em 1996 o prédio foi defintivamente restaurado com o auxílio da Comlurb, passando a abrigar o "Museu da Limpeza Urbana".

Algumas considerações sobre a materia da Wikipedia:
Ir de São Cristovão ao Caju era facil naquela epoca por que não existia a Avenida Brasil, que separou aquela parte de São Cristovão criando assim o bairro do Caju, hoje famoso pelo seu cemiterio. Parabens a Comlurb que restaurou a casa que estava abandonada e hoje se encontra preservada e abrigando o museu da Limpeza Urbana.

                                      Dom João convida para a inauguração do museu



Com fobia de ser mordido por siris, o monarca primeiro entrava num barril furado dos lados, para depois ser levado até a água por escravos. Uma vez que já tinha a casa de praia, a Família Real acabou adquirindo o hábito do banho de mar, mantido até por D. Pedro II.
Essa cena foi retratada na mini serie da Globo "O Quinto dos Infernos".  





Um comentário:

  1. Bom saber que o Museu da Limpeza Urbana está sendo reaberto ao público! Em junho, fui ao local confiando em informações desatualizadas no site da Prefeitura e o museu estava fechado em pleno domingo, conforme denunciei na época:

    "Prefeitura do Rio dá informações desatualizadas ao turista e fecha a Casa de Banho de D. João aos domingos"
    http://doutorrodrigoluz.blogspot.com.br/2012/06/prefeitura-do-rio-da-informacoes.html

    Importante lembrarmos que este espaço foi conquistado na década de 90, quando a Zona Norte começou a receber uma atenção melhor quanto ao turismo pela Prefeitura. Algo que hoje carece de continuidade.

    Abraços.

    ResponderExcluir