Google+ Badge

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Santuario da Medalha Milagrosa

Sobre uma pequena colina na Tijuca, o Santuário da Medalha Milagrosa foi fundado em 1955 pelas irmãs vicentinas mais conhecidas como Irmãs da Caridade.
E caridade é o que não faltou por parte dos amigos e devotos de Nossa Senhora das Graças. Na época contribuições e trabalhos comunitários foram feitos a fim de levantar recursos para a construção daquele que seria o primeiro santuário no Rio de Janeiro dedicado à Nossa Senhora da Medalha Milagrosa.
A idéia da construção do santuário dedicado à Mãe de Deus foi motivada pela canonização da vidente e irmã de caridade Catarina Labouré em 1947.
Tudo começou com uma pequena arrecadação de 50 cruzeiros numa Kermesse organizada pelas irmãs de caridade. Logo, em seguida, surgiram campanhas, como a "Campanha do Tijolo" com os seus 1000 amigos, as festas comunitárias, enfim doações espontâneas e generosas de fiéis que queriam concretizar a construção do belo Santuário da Medalha Milagrosa.
A pedra fundamental foi lançada aos 26 de junho de 1949 com a presença do cardeal do Rio, na época, D.Jaime Câmara. Foram necessários seis anos para concluir as obras do Santuário dedicado a Virgem da Medalha. A inauguração foi no dia 18 de julho de 1955 com uma solenidade majestosa.
Todos os anos milhares de fiéis vão ao Santuário agradecer e pedir graças Aquela que é a medianeira de todas as graças.






A igreja da Medalha Milagrosa fica na Rua Doutor Satamini 333 - Tijuca


Fonte: Site da igreja
Fotos: Panoramio

2 comentários:

  1. Muito bonita a Igreja, tanto por dentro quanto por fora, foi construída aos poucos com arrecadação dos fiéis, festas entre os devotos, sem nenhuma ostentação. Esse é o modo certo para a construção de um local para reunir pessoas em oração.

    ResponderExcluir
  2. Passei a minha infância nesse Santuário, brincando nos seus jardins e assistindo suas missas. Tempo maravilhoso e abençoado por Nossa Senhora da Medalha Milagrosa. Um recanto no Rio de Janeiro muito especial.

    ResponderExcluir