Google+ Badge

domingo, 6 de novembro de 2011

Editora Brasil America Ltda - EBAL



A Editora Brasil-América, mais conhecida por seu apelido Ebal, foi uma das mais importantes editoras de história em quadrinhos do Brasil. Fundada em 18 de maio de 1945 por Adolfo Aizen, o "Pai das Histórias em Quadrinhos do Brasil", foi de extrema importância por difundir o gênero no país. Em seu período áureo, a editora era dirigida, também, por Paulo Adolfo Aizen e Naumin Aizen, ambos filhos de Adolfo Aizen, bem como pelo jornalista Fernando Albagli.

Foi Adolfo Aizen quem trouxe os quadrinhos para o Brasil; foi o primeiro que aqui publicou os mais populares heróis de papel, como Flash Gordon, Tarzan, Príncipe Valente, Mandrake, Pato Donald e Mickey, Super-Homem, Batman, Zorro, Homem-Aranha e tantos e tantos outros; foi o responsável pela quadrinização dos maiores clássicos da literatura brasileira; foi quem primeiro editou a Bíblia, a História do Brasil, e a vida de grandes vultos em quadrinhos; foi ele quem descobriu e projetou jovens artistas e abriu a picada para a vitoriosa caminhada das HQs nacionais.

Ao longo dos anos 80 a Ebal seguiria publicando esporadicamente alguns álbuns de Tarzan e personagens de faroeste americanos, além de uma edição anual de Príncipe Valente, mas com a morte de Aizen em 10 de maio de 1991 ficou cada vez mais difícil seguir em frente. Ainda nos anos 90 a EBAL investiu em revistas em quadrinhos estrelando os heróis japoneses da época, com títulos como Jaspion (com histórias do personagem título e também dos Changeman e dos Flashman), Sharivan, Goggle Five e Machine Man', estrelada pelos dois heróis japoneses. Algumas histórias eram novelizações dos episódios na TV, enquanto que outras eram inéditas, várias delas assinadas pelo artista brasileiro. A maioria desses títulos teve vida curta, não chegando a 12 números[7][8].
A última edição de Príncipe Valente, Vol. XV, foi publicada em 1995
Terminava aí a historia da pioneira na divulgação dos quadrinhos no Brasil.






O velho prédio da Ebal ainda está lá, em São Cristóvão, o grande orgulho de Adolfo Aizen, que começou sua editora em uma pequena sala de um edifício. Atualmente o prédio é compartilhado por uma escola, e sua gráfica ainda presta serviços de impressão.

Fontes:

http://guiaebal.com/
http://www.universohq.com/quadrinhos/2005/hq_ebal.cfm
http://mundoquadrinhos.blogspot.com/2010/04/criador-da-ebal.html



8 comentários:

  1. Como é bom saber que os prédios antigos são conservados mesmo com outras atividades.

    ResponderExcluir
  2. É mesmo muito bom saber que os prédios foram preservados e hoje funcionam nas mais diversas atividades.Parabéns,mais uma vez pelo acervo e pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  3. Marcio Luiz Ramos D'Albuquerque - Historiador22 de setembro de 2012 15:44

    Sabe o que me daria uma grande satisfação? Ver alguém que, mesmo nos tempos da Internet, se interessasse em comprar o acervo da EBAL para dar continuidade a toda uma obra realizada pela família Aizen. Gostaria de ver alguém comprar o projeto Príncipe Valente para completar a série que foi interrompida em 1995.

    ResponderExcluir
  4. Sem duvida, a Ebal faz muita falta, pena ver empresas como essa acabarem, infelizmente ninguem deu continuidade a saga do Principe Valente.

    ResponderExcluir
  5. eu trabalhei como menor na Ebal e perdi a minha carteira de menor da época. Estou tentando localizar informações sobre recolhimento da ÉPOCA, de 1970 a 1977 para efeito de aposentadoria. Alguem poderia ajudar-me neste sentido, pois estou necessitando destas informações valiosas para finalmente me aposentar.
    brum_renato@ig.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. camarada minha esposa esta na mesma situação, já rodamos muito ate mesmo no sindicato dos graficos na rua licinio cardoso no rocha mais não conseguimos nada , apesar deles terem ainda algum arquivo de registro de empregados mais esta incompleto vc pode tentar a sorte não custa nada , boa sorte

      Excluir
  6. OLÁ PESSOAL AINDA ESTOU AGUARDANDO A DECLARAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO DA MINHA ESPOSA NA EBAL POIS ELA FOI ASSALTADA E NÃO TEM COMO PROVAR AO INSS O TEMPO TRABALHADO HOJE ELA ESTA COM 63 ANOS E AINDA NÃO SE APOSENTOU PORQUE ESTA FALTANDO ESTE TEMPO , QUE PODER AJUDAR FICAMOS AGRADECIDOS CONTATO SRA DILMA (bvcombat@gmail.com ) OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  7. Olá como vai? Gostei do post.Você tem o endereço, nome da rua? Em São Cristóvão?

    ResponderExcluir