Google+ Badge

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Resultados dos desfiles das escolas de samba dos grupos C D E - Estrada Intendente Magalhães - Campinho

Jacarezinho vence no Grupo C e volta para a Sapucaí em 2013

Redação SRZD | Carnaval | 23/02/2012 20h24
Mais uma vez, na apuração dos Grupos C, D e E da Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro, os pontos perdidos nas obrigatoriedades foram fundamentais, como de costume. Várias escolas foram penalizadas por não apresentar número mínimo de componentes nas alas das baianas e bateria. Outra punição frequente foi devido ao uso de instrumentos de bateria com o logotipo de outras escolas.


Jacarezinho de volta ao Sambódromo

No grupo C, a grande campeã foi a Unidos do Jacarezinho, que levou para a Intendente Magalhães uma homenagem ao compositor mangueirense Nelson Sargento. Num desfile marcado pela emoção, a rosa, branca e verde apresentou um desfile com fantasias caprichadíssimas e se apegou ao canto e à boa evolução para garantir seu retorno ao Sambódromo no ano que vem. A vice-campeã foi a Unidos de Villa Rica, de Copacabana, com um enredo sobre a Feira de São Cristóvão. Foram rebaixadas para o grupo D a Arrastão de Cascadura, Unidos do Cabuçu, Acadêmicos da Abolição, Lins Imperial e a Independente de São João de Meriti. A última não se apresentou para o desfile.



Lucas consegue o segundo acesso seguido

A tradicional Unidos de Lucas foi a campeã do Grupo D, com um enredo sobre o circo. O Galo da Leopoldina fez um desfile alegre e contagiante, com um forte samba-enredo que foi muito cantado pelos componentes. Este é o segundo acesso seguido da vermelho ouro, já que havia sido a campeã do grupo E no ano passado. Logo atrás ficou a Mocidade Unida de Jacarepaguá. A escola da Cidade de Deus fez um belíssimo e luxuoso desfile mas acabou deixando escapar o título após ser penalizado nas obrigatoriedades, quando perdeu exatamente os dois décimos de diferença para a campeã. Desceram para o grupo E a Leão de Nova Iguaçu, Unidos do Anil, Unidos de Manguinhos, Vizinha Faladeira e Flor da Mina do Andaraí.



No desempate, Boca de Siri  conquista o título

A disputa mais acirrada aconteceu no grupo E, onde a campeã só foi conhecida após a leitura da última nota de bateria. Até o último quesito, a Chatuba de Mesquita liderou a disputa contra a Boca de Siri. Porém, a bateria comandada por Mestre Beto, ex-Imperatriz, pesou na hora de decidir. A escola da Baixada perdeu um décimo, o que a deixou empatada com a Boca de Siri. No desempate, a agremiação de Ramos ficou com o acesso, também o segundo seguido, assim como a Unidos de Lucas. A campeã fez um lindo desfile, com um enredo em homenagem às mulheres. Muito luxo e capricho nas fantasias e alegorias, um canto muito forte e a ótima evolução foram fundamentais para a conquista. Foram rebaixadas e desfilarão no primeiro grupo dos blocos de enredo a Unidos do Cabral, Imperial de Nova Iguaçu, União de Vaz Lobo, Delírio da Zona Oeste e Paraíso da Alvorada.



O G.R.E.S. Boca de Siri, de Ramos, estreante da Associação das Escolas de Samba por ter sido campeão na Federação dos Blocos no carnaval de 2011


 http://www.sidneyrezende.com



Um comentário:

  1. E muitos acham que só tem Beija flor,Mangueira,Portela.Ótimo trabalho e valorização das Escolas menores!

    ResponderExcluir